Dra. Cristiane Pertusi Psicóloga e Coach

ARTIGOS

Lemas de Dilemas da mulher do executivo

  Muito se fala do perfil das mulheres executivas mas pouco do perfil da mulher DE executivo. Por que será? Será que ainda se considera que por traz um homem bem-sucedido só pode existir uma mulher ‘sem sucesso’, sem ambição, que se realiza ‘através do seu marido”. Ou atualmente o noticiário a mulher do executivo está em destaque em coluna policiais ou políticas, através de seus comportamentos de revolta e denuncia. No meio político a mulher de executivo aparece como a mulher fútil que vive bem e com mordomia. No entanto sabemos que não é sempre assim e nem precisa podemos dizer que a mulher que é casada com um profissional executivo pode ser valorizada pelas suas próprias competências não precisa estar a ‘sombra’ do marido e nem ficar a mercê de seus subsídios financeiros. Mas como todo papel que desempenhamos precisamos ter bom senso e ética. Portanto esteja atenta a alguns LEMAS que pode nortear você a desempenhar seu papel de Mulher Executiva com …

Leia mais     |    Ver mais de Casal

Bom humor – como manter em alta o seu

  Do ponto de vista bioquímico podemos herdar questões genéticas do funcionamento do cérebro quanto a produção de hormônios responsáveis pela regulação da estabilidade do humor. Porém todo diagnóstico precisa levar em consideração estilo de vida, história pessoal quanto aspectos psicológicos ( traumas, condições clinicas física etc) que ajudará a compreensão de porque há alteração do humor. Por que algumas pessoas estão sempre mau humoradas, mesmo que tudo esteja bem em suas vidas? Existe alguns motivos possíveis como qualidade e estilo de vida, com níveis de estresse alto até distúrbios de personalidades (doenças psiquiátricas como transtornos afetivos do humor, bipolar, distimia, transtornos ansiedade , depressão etc) Humor depende da personalidade ou é mais um estado físico? Humor é uma combinação de personalidade e estado físico, já que um estado de físico com estresse Por exemplo pode desencadear e potencializar o desenvolvimento de …

Leia mais     |    Ver mais de Comportamento

Como voltar a trabalhar depois de ser mãe

  O vínculo entre mãe e bebê surge ainda na gestação, enquanto ele se desenvolve, e aumenta a cada dia após o nascimento. Por isso, é natural que aquelas mulheres que decidem voltar ao trabalho depois de terem um filho sofram com a separação e com o distanciamento do filho.

Dra Crispertusi
Businesswoman Holding a Baby — Image by © Brooke Fasani Auchincloss/Corbis É compreensível e natural que a angustia tome conta da família nesse período. Com a convivência a mãe é capaz de conhecer suficientemente bem o seu filho a ponto de diferenciar seus diversos choros, movimentos e balbucios e, assim, atender suas necessidades de forma rápida e eficaz. É por isso que na hora de deixar o bebê para trabalhar é normal ficar com medo de que o outro cuidador não dê conta. Mas, embora seja difícil confiar que o outro será capaz …

Leia mais     |    Ver mais de Filhos

Férias, e agora?

  É bastante comum hoje os profissionais – especialmente os de cargos mais alto – acumularem muitos dias de férias. Por que isto acontece? É culpa da empresa que não estimula o funcionário a dar uma pausa ou do próprio profissional que talvez tenha medo de se ausentar do cargo por algum tempo?

Dra Crispertusi
É comum num mundo corporativo atual, em que a pressão por resultados e a competitividade são objetivos almejados pela maioria, que os executivos não percebam a necessidade de organizarem seu tempo de maneira adequada para as férias. Na maioria das vezes há estilos de profissionais que possui mais dificuldade de organizar o seu tempo de maneira a priorizar as férias. A atitude de tirar férias deve partir do executivo que necessita organizar seu tempo para que os resultados e seu desempenho aconteça duran…

Leia mais     |    Ver mais de Trabalho